Notícias » 29/05/2014

Caminhada faz memória das vítimas do Tráfico Humano

DSC02087Religiosos, religiosas, sacerdotes, bispos, fiéis católicos e de Igrejas Cristãs, pastorais e movimentos se reunirão para a Caminhada “Jogue a favor da vida – denuncie o Tráfico Pessoas”, no dia 11 de junho, às 19h, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF).

O objetivo é fazer memória das vítimas do Tráfico de Pessoas e da Escravidão Moderna como também, denunciar o crime que gera, no Brasil, 32 bilhões de dólares ao ano.

Lançada oficialmente na sede da Conferência, em Brasília, no último dia 14 de maio e no vaticano no dia 20, a Campanha Jogue a favor da vida – denuncie o Tráfico de Pessoas, iniciativa da Rede Um Grito pela Vida, da CRB Nacional, tem como objetivo alertar a sociedade para o risco do crescimento da exploração sexual, do tráfico, da escravidão moderna durante o Mundial de Futebol.

A Conferência preza por uma Copa do Mundo divertida e alegre, mas denuncia qualquer forma de violação dos Direitos Humanos. A caminhada conta com a parceria da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Arquidiocese de Brasília CRB Regional, Pontifícias Obras Missionárias, Centro Cultural Missionário, Comunidade de Vida Cristã (CVX), Cáritas Brasileira, Conselho Nacional de Igrejas Cristãs, pastorais e movimentos da Arquidiocese de Brasília e da Ação Episcopal Alemã Adveniat, dentre outros.

De acordo com a organização, a caminhada é de cunho pacífico, silencioso e orante, pois tem como objetivo recordar todas as vítimas do Tráfico de Pessoas e unir forças na prevenção do crime que dizima milhares de famílias no Brasil e no mundo.

Participam da caminhada no dia 11, o secretário geral da CNBB, Dom Leonardo Steiner, os representantes da Ação Episcopal Alemã Adveniat: o coordenador da Campanha Steilpass e responsável pelo departamento de Comunicação da Adveniat, Christian Frevel; o diretor da Adveniat, Stephan Jentgens, o representante do Movimento Católico dos Trabalhadores da Alemanha, Heribert Kron, a jornalista da Adveniat, Christina Weise, o presidente da Associação Católica para o esporte amador e profissional, Volker Monnerjahn, a atriz alemã, Eva Habermann, o fotógrafo, Martin Steffen e o presidente do Movimento da Juventude Rural Católica da Alemanha, padre Daniel Steiger.

“A CRB Nacional expressa as boas vindas a todos os brasileiros e brasileiras, às instituições parceiras, às Igrejas Cristãs, à Ação Episcopal Adveniat e a todos aqueles que jogam a favor da vida e que denunciam todos os tipos de violação dos direitos e da dignidade do ser humano, por causa do Reino de Deus”, disse uma das coordenadoras da caminhada e assessora executiva da CRB Nacional, Irmã Rosa Maria Martins.

De acordo com a coordenação, cada participante deverá levar para a caminhada, uma lanterna (pois a caminhada será luminosa) e uma flor, que será colocada no gramado do Senado Federal em memória das crianças, jovens, homens e mulheres que morreram ou desapareceram como vítimas do Tráfico e da Escravidão Moderna.

Por A12