Mensagem do padre » 03/02/2012

Tudo vai passar, mas a caridade permanecerá!

São Paulo apóstolo, em seu belíssimo hino que está no capítulo 13 de sua carta a comunidade de Corinto, nos diz que todas as coisas terrenas encontrarão seu fim: as profecias, as línguas, as ciências… Mas a caridade, jamais passará.

Ao olharmos para nossa Igreja Católica, podemos nos sentir felizes por fazermos parte de uma comunidade cristã presente no mundo inteiro e que é também a instituição que mais faz caridade no planeta. Mas a nossa caridade, não é um ato de depósito para futura retribuição, nem mesmo é feita para nos vangloriarmos do bem que fizemos. Nós fazemos caridade porque sabemos o quanto a caridade agrada a Deus. Também a fazemos porque respeitamos, naquele que sofre, a imagem e semelhança de Deus.

A caridade deve ser o maior distintivo do cristão, e ele deve tê-la como atitude natural de seu ser cristão. Ela deve ser tão natural quanto o respirar, o caminhar, o falar. Caridade e amor são palavras que se fundem e uma é capaz de definir a outra: Amor verdadeiro é caridade, caridade verdadeira é amor.

Nossa paróquia vai tentar, neste ano de 2012, incrementar nossas ações de caridade. Estamos buscando homens e mulheres que queiram amar os pobres e ajudar nas fileiras da Sociedade São Vicente de Paulo.

Vamos organizar também uma Pastoral da Caridade, para que possamos contemplar outras dimensões caritativas que inquietam nosso coração de paróquia.

E o seu coração? Como responde quando ouve a palavra caridade? Não se trata somente de doar bens, precisamos de braços caridosos, movidos por corações inflamados pelo amor de Jesus Cristo que queira ir ao encontro daquele que precisa ser amado de forma concreta, no serviço da caridade, ajudando a mostrar que maior que qualquer coisa neste mundo é a caridade, que não passa e jamais passará.

Esperamos seu coração, esperamos seus braços caridosos, Jesus conta com você!

Padre Pedro Luiz Amorim Pereira