- Santuário Nossa Senhora Aparecida – Ipiranga, São Paulo/SP - https://aparecidaipiranga.com.br -

ELA É NOSSA MÃE! Quatro motivos para crer em Maria Santíssima

No Brasil e em nosso Santuário Arquidiocesano o mês de outubro é marcado pela festa de Nossa Senhora Aparecida. As raízes bíblicas de Maria
Santíssima invocam três pontos importantes da vida pastoral da Igreja.

Maria é disponível a ajudar quem sofre e precisa. Ela vai ao encontro de sua prima Isabel, já bem idosa, que estava grávida de São João Batista. (Lc 1, 39) Subiu as altas montanhas de Judá (Lc 1, 39) para ir ao seu encontro. No entanto, não foi um encontro qualquer, mas um encontro do
antigo com o novo testamento, “pois a criança pulou de alegria no ventre” e Isabel com grito exclamou: “como posso merecer que a mãe do meu Senhor venha me visitar”.(Lc 1, 42)

Hoje Maria vem nos visitar e se preocupar com às nossas necessidades materiais e espirituais. Maria é intercessora dos conflitos. Como vemos nas bodas de Caná, (Jo 2, 1-11) “como o vinho veio a faltar” ela foi ao encontro de Jesus pedindo que ali realizasse um milagre. Jesus interroga sua mãe afirmando: “Mulher a minha hora ainda não chegou”, no entanto, faz daquele casamento o seu primeiro sinal como relata o evangelista
João.

São tantos conflitos internos: mágoa, ressentimento e falta de perdão. É preciso pedir intercessão da Bem Aventurada nas dificuldades, dessa maneira que nos aproximamos de Deus.

Maria é a mulher de comunidade. Ela impulsionou a vida missionária da Igreja. O próprio livro de Atos dos Apóstolos diz que: “todos estavam
reunidos no mesmo lugar”, logo, entende-se que Maria estava com eles quando o Espírito Santo veio sobre em línguas de fogo.
Maria encorajou e impulsionou a vida missionária da Igreja.

Em nosso País, em 1717 pelas águas fecundas do rio Paraíba acompanhada de uma pesca milagrosa ela aparece a três pescadores (Domingos
Garcia, Felipe Pedroso e João Alves) em forma de uma imagem, primeiro a cabeça depois o tronco.

Depois daquele dia, nada seria como antes! O carinho de nossa Senhora, sob o título de Aparecida, ao povo brasileiro se espalhou grandiosamente. Cada católico testemunha para si e para a sociedade: “Sim ela é nossa Mãe. Aquela que é capaz de mostrar aos seus filhos o caminho que deve seguir.” “Aquela que intercede à Deus por nós”. Assim, vivamos com alegria, intensidade espiritual e missionária este mês dedicado à Nossa Senhora
Aparecida.

 

Pe. Zacarias José de Carvalho Paiva
Pároco e Reitor