Mensagem do padre » 01/08/2021

Fortes diante das tribulações

Caro irmãos e irmãs, a graça e a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo estejam convosco! Permita-me partilhar uma breve reflexão sobre o que vivemos!
As preocupações sociais e humanas do tempo presente advindas da crise sanitária, ocasionada pela COVID-19 fizeram muitos irmãos chorarem, na solidão e no silêncio.
Não conseguiram despedir-se ou sepultar seus entes queridos. São tempos duros,
onde nossa fé é duramente provada.

REINVENTAR-SE E SOLIDARIZAR-SE

A criatividade da sociedade organizada em manter-se foi algo que marcou este tempo pandêmico. A cultura midiática foi responsável por ajudar muitas pessoas a reinventar a vida profissional e emocional. As dores de muitos irmãos em situação de vulnerabilidade levaram cristãos e pessoas e boa vontade a apoiar iniciativas de caridade.

A FÉ CRISTÃ E A PRÁTICA RELIGIOSA

Na época de São Paulo os cristãos faziam um questionamento: como fazer para aumentar a fé? Que elementos eles deveriam buscar para aumentar a sua fé em Jesus Cristo. Paulo alerta que a “a fé veem pela pregação da Palavra de Deus”, ou seja, quanto mais tempo me dedico a estudar, ouvir e interiorizar a Palavra melhor vivo a minha fé. Quando alimento bem a vida de fé naturalmente evangelizo melhor. O tempo pandêmico fez os cristãos rever a fé! Ajudou-nos a perceber a nossa fragilidade diante da vida.

CATEQUISTAS PESSOAS SENSÍVEIS A ESCUTA DA PALAVRA E A ALEGRES NA PREGAÇÃO

No tempo da pandemia muitos católicos se identificaram como catequistas porque perceberam que era essencial anunciar a Palavra. Na solidão do isolamento a única companhia era a Bíblia e este encontro entre leitor e criador marcou a identidade.

O BATISMO É A FONTE DE TODAS AS VOCAÇÕES

Esta crise fortalecerá a vida cristã. Perceberemos que a temática do Batismo como fonte primária de todas as vocações. O Batismo nos introduz na Igreja e nos mergulha em Cristo. Morremos para o mundo e nascemos para Deus.
A Paróquia é a expressão concreta da vida e experiência cristã. Na comunidade de cristã, através das várias atividades eclesiais experimentamos a alegria e ser católico
Enfim, a paróquia através do seu pároco, como pastor e guia da comunidade cristã, seus vigários paroquiais e diáconos, religiosos (as), suas pastorais, movimentos e associações são sinais do Reino de Deus entre nós.
Caro irmão(a) dizimista, em sinal de gratidão e agradecimento pela sua participação, fidelidade e comprometimento com o santuário arquidiocesano, oferto o calendário de bolso da editora Paulus para o ano de 2022. Será muito útil para edificar a sua oração. Invoco as bençãos de Deus sobre sua vida família e projetos!

Pe. Zacarias José de Carvalho Paiva
Padre e reitor